Notícias até 30/07/2012

27 de abril de 2012 - 18h46

Revisão biométrica cancela 122 mil títulos em Goiânia-GO



Cadastramento biométrico - "Kit Bio"

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) analisou e homologou o processo de revisão biométrica do eleitorado de Goiânia em sessão realizada nesta quarta-feira (25). Com a homologação do recadastramento biométrico, realizado em Goiânia no período compreendido entre 11 de abril de 2011 e 23 de março de 2012, 122.317 eleitores, que não compareceram à revisão eleitoral, tiveram o título cancelado. Esses eleitores ainda podem regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral até o próximo dia 9 de maio, quando encerra o prazo para atendimento ao eleitor.

Conforme relatório da Coordenação da Biometria em Goiânia, durante o período do recadastramento biométrico, 39.259 eleitores fizeram o alistamento (primeiro título), 44.671 eleitores foram transferidos de Goiânia para outras cidades, 16.038 tiveram o título cancelado e 65.151 eleitores transferiram o domicílio eleitoral para a capital goiana.

Dos eleitores sujeitos à revisão, de um total de 909.429, 726.403 eleitores fizeram o recadastramento biométrico. Somados aos alistados (os 39.259 que fizeram o primeiro título) e aos que transferiram o título para Goiânia (65.151), 830.813 eleitores estão aptos a votar nas eleições deste ano. Após o recadastramento biométrico, Goiânia atingiu a marca de 953.130 eleitores.

Os eleitores que tiveram o título cancelado ou mesmo suspenso por algum outro motivo ainda podem comparecer aos postos de atendimento do TRE até o dia 9 de maio, último prazo para o eleitor regularizar sua situação junto à Justiça Eleitoral. Caso contrário, o eleitor fica impedido de tirar passaporte, não poderá dar entrada ao processo de aposentadoria na Previdência e também não poderá fazer matrícula em estabelecimento de ensino público, como também fica impedido de obter empréstimo em banco oficial e de se inscrever em concurso público. E, se for servidor público, poderá ter o salário bloqueado.

A sessão que homologou a revisão eleitoral e o recadastramento biométrico de Goiânia foi presidida pelo desembargador Gilberto Marques Filho, que ressaltou o êxito do processo, "ainda mais se compararmos com o resultado de Curitiba, sendo que Goiânia foi a capital que atingiu o maior índice de atendimento dos eleitores", afirmou o desembargador, que ainda elogiou o trabalho dos servidores e "de todos aqueles que trabalharam no recadastramento biométrico", completou. O vice-presidente e corregedor regional eleitoral, desembargador João Waldeck Félix de Sousa foi o relator do processo de homologação da revisão eleitoral de Goiânia.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social TRE-GO

 

Imprimir     Enviar por e-mail

Buscar Noticias

Digite as palavras-chave para localizar a reportagem:


e | ou | não | prox | mesmo
Período em que foi veiculada de:  a       
Ex:16/12/2008
Setor de Administração Federal Sul (SAFS), Quadra 7, Lotes 1/2, Brasília/DF − 70070−600 − Tel.: 61 3030−7000
Protocolo Administrativo: sala V−101, fax: 61 3030−9850
Protocolo Judiciário: sala V−504, fax: 61 3030-9951